Parar para recomeçar – DIA 2

By  |  0 Comments

Antes de lerem meu relato, clique aqui e entenda o que significa o processo “parar para recomeçar”. 

 

DIA 2

Hoje é domingo, e o auge da minha crise foi na sexta passada. Me sinto numa espécie de desintoxicação… Afinal, estou saindo de um vício de me obrigar a ter que estudar…  Estou no processo “parar para recomeçar”…

De manhã, fui pra um evento importante para o meu marido, do qual me orgulhei bastante. Esse evento me fez acordar as 8:30, o que eu não fazia há muito tempo, já que, como sabem, sou coruja (fico acordada a noite e durmo durante a manhã…). Como me senti útil, meu Deus!!! Deu muitaaa preguiça, mas depois de tomar banho e sair e ver o sol da manhã, senti como se estivesse vendo algo pela primeira vez. Sensação estranha, mas gostosa… Não pensei em estudo hora nenhuma!!

Meio-dia, fui para um churrasco na casa de minha família. Vocês não imaginam o tempo que não via os meu avós. Quando olhei pra eles hoje, os vi tão envelhecidos, e pensei: preciso visitar mais eles. Vi toda a minha família reunida, minha mãe, irmãos, tios… Já tinha tempo que não via isso. Também não pensei em estudo hora nenhuma!!

Final da tarde, já estava me sentindo bastante cansada. Afinal, há 2 dias atrás eu era uma inerte, dormindo tarde, acordando tarde, não fazendo nada, ficando na cama me lamentando de não conseguir estudar, e negando a todo e qualquer convite pra qualquer tipo de lazer. Mas minha mãe me chamou pra ir numa “feirinha”que estava tendo aqui em minha cidade. Nessa hora, vou confessar: me forcei a ir!! Pensei: tenho que deixar de ficar parada!! Meu dia vai ser ativo hoje!!! E fui!! Cheguei lá, me divertir e consegui comprar coisas bem interessantes que há muito tempo eu não tinha o mínimo interesse de comprar. Percebi de cara uma mudança!!! Meu marido até comentou comigo!! Fiquei feliz!! Não pensei em estudo hora nenhuma!!

De lá, bastante cansada, fui pra minha casa, e simplesmente capotei na cama. Acho que deitei e dormi de imediato. Mas pedi a meu marido pra me acordar depois de 1 hora, porque ainda queria curtir o final do dia. Quando deitei, pensei nos estudos e a tristeza bateu. Mas o cansaço foi tão grande que acho que ela não durou nem 1 minuto!! Quando acordei, nem lembrei de estudo!!

Umas 19 horas, acordei e fui pro shopping. Jantei com meu marido e um familiar, e me percebi um pouco tensa. Meio travada, como eu ficava antes, feliz sem ser feliz; sorrindo sem ser um sorriso de verdade, leve. Me observei quanto a isso e tentei tirar isso de mim. Mas não pensei em estudo!!! Mas sei que esse sentimento é totalmente relacionado ao estudo, mesmo que inconsciente.

Cheguei em casa, e só agora, quando fui ler o blog, pensei nos estudos novamente. Não vou mentir: senti muita alegria em ler e responder os comentários, que são simplesmente LUZ!!! Mas aquela angústia, e aquele “bolo na garganta” voltou. Nesse exato momento em que escrevo me sinto assim: não sei definir com um nome, mas sinto um aperto no peito, “bolo na garganta”, e uma certa “lerdeza” (não sei se é tristeza, nostalgia…); uma vontade de ficar deitada, inerte, olhando pro teto, como antes. Mas tenho certeza que é passageiro. Vou dormir e sei que vou acordar bem!!! amanhã, tenho um dia cheio!!! Tomar várias providências, rever amigos!!! É o que preciso!!!

ANÁLISE: Acho que em 2 dias já melhorei bastante!!! Consegui ter um dia produtivo, de lazer. Consegui reencontrar minha família. E consegui passar a maior parte do tempo sem pensar em estudo!!! Estou feliz!!!

 

Obrigado, do fundo do coração, a todos vocês que comentaram e que continuam comentando no meu desabafo. Vocês não sabem o quanto me ajudaram. E não só a mim, mas a muitos concurseiros que leram. Aquele post, até o momento, teve 1.499 visualizações. Imaginem o quanto de concurseiros vocês ajudaram? Graças a Deus!!

 

Beijos com muita esperança e determinação no coração!!

#pararpararecomecar #dia2

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>