Governo não prevê contratar novos servidores em 2017, diz ministro…

By  |  0 Comments

Notícia para tirar o sono de nós, lutadores sem luta doranvante….

 

Fonte: G1

http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/04/nao-ha-previsao-de-contratacao-pelo-governo-em-2017-diz-ministro.html

 

“O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Valdir Simão, declarou nesta sexta-feira (15) que não estão previstas novas contratações, via concursos públicos, para o governo federal em 2017.

A previsão também consta no projeto de lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do ano que vem, e que o governo vai enviar ao Congresso nesta sexta.

“O projeto da LDO mantém a proibição de admissão de servidores”, disse o ministro. “A regra é essa, não vamos contratar”, completou ele.

Simão informou, porém, que há algumas exceções, como contratações para o Fundo Constitucional do DF, para a Defensoria Pública da União, além da substituição de terceirizados, de militares e os concursos em andamento, que estão mantidos.

Segundo o governo, a proposta para a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2017 também veda ajustes de benefícios dos servidores que se encontram acima da média paga pela União.

A peça orçamentária de 2016 já não contemplava a autorização para novos concursos públicos. Deste modo, permanece a orientação que somente os concursos já homologados até setembro do ano passado, e que aguardam autorização para nomeação, serão mantidos, com as vagas previstas no edital asseguradas até o prazo de validade.

A suspensão de novos concursos foi anunciada em setembro do ano passado como parte do pacote fiscal para tentar atingir a meta de superávit primário (economia para pagamento de juros da dívida) neste ano.

Nesta sexta, o governo pediu autorização para que as contas do governo tenham novo rombo em 2017, que pode chegar a R$ 65 bilhões. Mesmo assim, não liberou novos concursos públicos.

Em setembro do ano passado, o governo informou que a suspensão dos concursos públicos em 2016 abrangeria até 40.389 cargos reservados para “provimento, admissão ou contratação”, referentes a todos os Poderes, ao Ministério Público da União (MPU) e ao Conselho Nacional do Ministério Público”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>